sexta-feira, julho 11, 2008

Parar é viver



Parar não é morrer. Foi Deus quem inventou as pausas, o sábado, o sono, o descanso. Jesus frequentemente parava, silenciando a sua própria alma. Parar é viver. Que ninguém diga que vive só por estar envolvido em muitas frenéticas actividades. Parar é imprescindível para se viver. Parar para continuar a caminhar.

4 comentários:

zedeportugal disse...

Como navego sempre com as cookies fechadas, para comentar aqui tenho que fazer as necessárias alterações nas opções do browser... coisa que normalmente tenho preguiça de fazer.
Mas hoje decidi não ser preguiçoso e entrar... para lhe agradecer.
Agradecer o seu exemplo inspiracional e a música que põe generosamente à disposição de todos com o seu podcast. Obrigado.

Jorge Oliveira disse...

Amigo Zé de Portugal,

Agradeço as suas palavras e espero continuar a ser canal de bênção para a sua vida, através das músicas e dos pequenos textos.

O Jardim é meu, mas a "Virtude" é de Deus.

Abraço.

Rodrigo Gonçalves disse...

É verdade,meu amigo.Quando paramos é que descobrimos que o mundo continua a girar e que as coisas que nos davam o "status" de imprescindível nos revelam que podem existir sem nós.
É quando paramos que percebemos que existe liberdade fora do tempo e que existe tempo oculto na liberdade.

Parabéns!
Que Deus continue te sinalizando a Sua Graça e o Seu amor.

Forte Abraço

Rodrigo Gonçalves

Helen Carolina disse...

Excelente espaço. Deus te abençoe.