quarta-feira, janeiro 30, 2008

Guerra e paz



"Senhor Deus, não permitas que os afazeres, os apelos e ruído deste mundo sufoquem a tua mansa voz. Ensina-me a repousar sossegado no barco, mesmo quando ele é fustigado pelo vento e tempestade. Ajuda-me a não buscar a paz para fugir à guerra, mas a viver e a espalhar a paz diante da guerra. A ser luz, nas trevas. Ensina-me a esperar e a confiar mais em ti do que em mim.
Ó Deus, peço-te por aqueles que vivem desesperançados. Pelos que se consomem nas lutas interiores. Por todos os que sofrem. Revela-lhes a tua graça e perdão e enche-os com o teu amor. Amém"

3 comentários:

Vilma disse...

AMEM!

Térsio Vieira disse...

Muito profundo o texto!

DEus lhe abençoe irmão!

Alice disse...

Amém e amém e amém !!!